Caixa e BB começam a pagar abono salarial do PIS/Pasep

No caso do PIS, o benefício será pago a beneficiários nascidos nos meses de janeiro e fevereiro. No Pasep, calendário varia com inscrição do servidor

Abono salarial PIS/Pasep calendário 2018

Caixa Econômica Federal começa a pagar nesta terça-feira, 15, o abono salarial do PIS a nascidos nos meses de janeiro e fevereiro que possuem conta na instituição. Já o Banco do Brasil faz o pagamento do abono do Pasep a trabalhadores com número final de inscrição 5. Para quem não tem conta nesses bancos, o benefício será pago a partir de quinta-feira, 17.

O valor do abono varia de 84 a 998 reais, dependendo do número de meses trabalhados em 2017, ano-base do calendário de pagamento vigente. Assim, quem esteve empregado o ano todo recebe o valor cheio, equivalente a um salário mínimo (998 reais). Quem trabalhou por apenas trinta dias recebe o valor mínimo, que é de 1/12 do salário mínimo, e assim sucessivamente.

Para os nascidos em janeiro e fevereiro, a Caixa vai liberar 2,5 bilhões de reais a 3,5 milhões de beneficiários com direito ao PIS. Para quem tem direito ao abono do Pasep, o BB vai disponibilizar 1,7 bilhão de reais para 2 milhões de trabalhadores. O dinheiro pode ser sacado até 28 de junho para todos os beneficiários, independentemente da data de nascimento ou número de inscrição no serviço público. Depois desta data, os recursos são transferidos ao Fundo de Amparo ao Trabalhador.

O abono salarial é pago a trabalhadores inscritos no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos que tiveram registro em carteira naquele ano por ao menos trinta dias, com remuneração mensal média de até dois salários mínimos. É preciso que seus dados tenham sido informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

Calendário de pagamento do PIS/Pasep

Procuradoria abre investigação para apurar possível caixa dois de presidente do PSL.

Luciano Bivar contratou a empresa do próprio filho com dinheiro do fundo eleitoral

Fabio Serapião/BRASÍLIA

15 Fevereiro 2019 | 20h00

A Procuradoria Regional Eleitoral em Pernambuco instaurou um procedimento para apurar possível prática de caixa dois do deputado federal Luciano Bivar (PE), presidente nacional do PSL, partido de Jair Bolsonaro, na campanha eleitoral de 2018. A investigação tem como foco o uso de recurso do fundo partidário para contratar a empresa de um de seus filhos e também o recebimento de doação de R$ 8 mil de uma pessoa desempregada há mais de quatro meses. O caso foi revelado pelo Estado.

Em nota enviada ao Estado, a Procuradoria informou que os “os possíveis fatos delituosos imputáveis” a Bivar são o “crime de contabilidade clandestina ou de ausência de contabilização de recursos na prestação de contas da campanha, de natureza eleitoral – o chamado “caixa dois eleitoral”.

Sediada em Jaboatão dos Guararapes (PE), cidade a cerca de 20 quilômetros do Recife, a Nox Entretenimentos está registrada em nome de Cristiano de Petribu Bivar, filho do deputado. Foi o segundo maior gasto da campanha do parlamentar no ano passado.

A apuração foi aberta pela Procuradoria, mas encaminhada para a Promotoria da 5ª Zona Eleitoral de Recife porque, no entendimento dos investigadores, os fatos ocorreram antes de Bivar se tornar deputado e, portanto, possuir foro privilegiado.

Além da contratação da empresa do próprio filho, o procedimento instaurado mira uma doação de R$ 8 mil recebida pela campanha de Bivar e proveniente de uma pessoa que estava desempregada a mais de 120 dias. Tanto a doação como a contratação da Nox Entretenimentos foram citadas em parecer da Procuradoria Eleitoral que aprovou as contas do candidato com ressalvas e apontou a necessidade de se aprofundar a apuração sobre esses dois pontos.

“A transferência do caso para a primeira instância justifica-se porque os possíveis fatos delituosos imputáveis ao então candidato, caso confirmados na investigação, teriam sido praticados durante a campanha eleitoral de 2018. Portanto, não guardariam relação com as funções de deputado federal”, afirmou a Procuradoria Eleitoral por meio de nota.

Bivar é presidente do PSL desde 1998 e, atualmente, ocupa o cargo de segundo-vice-presidente da Câmara. O parlamentar deixou o comando da sigla apenas durante a eleição a pedido de Bolsonaro para dar lugar a Bebianno. Ele foi um dos candidatos do PSL que mais recebeu valores do fundo eleitoral. Dos R$ 9,2 milhões, sua campanha amealhou R$ 1,8 milhão, o que representa 19,5% do total.

Na prestação de contas de campanha, a empresa do filho de Bivar aparece na segunda colocação entre as empresas que mais receberam. Em primeiro lugar está a Vidal Assessoria e Gráfica Ltda., de Luis Alfredo Vidal Nunes da Silva, que é vogal (dirigente com direito a voto) do PSL de Pernambuco, como revelou o Estado nesta quinta-feira, 14.

COM A PALAVRA, LUCIANO BIVAR

A reportagem entrou em contato com o presidente do PSL. Quando o caso foi revelado, ele se manifestou da seguinte forma:

“Quanto à sala, é aluguel em comodato, ou seja, na verdade ele empresta a sala para o partido, sem custo.
A contratação da Nox se deveu ao fato de ela ter oferecido o menor preço para produzir os videos da campanha.
A Nox inclusive trabalhou para candidatos de outros partidos em Pernambuco.
Há contrato, notas fiscais, tudo perfeitamente legalizado”.

COM A PALAVRA, NOX 

“O serviço foi efetivamente prestado à preço de mercado. Inexiste impeditivo legal na contratação. Tendo inclusive as contas do candidato sido aprovadas sem ressalva pelos órgãos competentes”.

 

Técnicas para Vender seu imóvel mais rápido!

1º Use fotos atrativas

As fotos de um anúncio de imóvel (ou a falta delas) podem ser cruciais para fazer alguém entrar em contato ou desistir da compra. Os interessados querem ter uma boa impressão sobre a casa que, afinal, poderá ser seu novo lar. Portanto, evite fotos de má qualidade ou poucas opções. Invista em vários ângulos de todos os cômodos da casa e destaque os pontos positivos.

Imagem relacionada

2º Faça reparos

Enquanto alguns compradores estão dispostos a assumir um projeto, a maioria prefere se livrar de qualquer reparo. De obras grandes, como um telhado ou vazamento, a pequenas, como a torneira pingando, é melhor corrigir antes. Mesmo porque você não quer que seus compradores façam uma lista de consertos, não é mesmo? Corrigir tudo o que puder antes das visitas vai ajudá-los a se concentrarem no imóvel e não no quanto vão ter que gastar com reparos.

3º Aparência

Quanto o cliente for conhecer seu imóvel, garanta que o local esteja limpo e agradável para visitação. Deixe tudo limpo e ordenado para trazer aos olhos do comprador o brilho de quem encontrou a sua futura propriedade. Essa é a primeira forma de conquistar sua atenção e mantê-lo interessado na sua venda, sem ter que desviar para um próximo imóvel por encontrar uma propriedade mal cuidada. Faça as reformas que forem necessárias antes de colocar o imóvel à venda, pois assim que você anunciar um cliente em potencial pode aparecer e desejar conhecer o imóvel. Pinte as paredes e o teto para deixar tudo com aparência e cuidados de casa nova. Confira também se toda a fiação e detalhes estão em dia com o que você vai anunciar e capriche para entregar o imóvel como você gostaria de recebê-lo das mãos de outra pessoa.

Imagem relacionada

Se seu imóvel já parece desleixado por fora, provavelmente ninguém vai querer entrar nele. Nada de ervas daninhas ou sujeira na calçada. Pintura descascada, calhas frouxas também podem assustar e repelir os possíveis compradores.

4º Estabeleça um preço justo

Sua casa realmente vale o que você está pedindo? Queira ou não, é o mercado que define quanto sua casa realmente vale e não você. Os compradores vão comparar o seu imóvel com os da vizinhança. Se os preços forem muito maiores, o interessado vai querer negociar. Lembre-se, sua casa realmente só vale o que as pessoas estão dispostas a pagar por ela.

5º Peça ajuda

Contratar imobiliárias pode até levar uma parte da venda, mas ao fazer tudo sozinho, você corre o risco de não ter nada nem mesmo para repartir. Se está tendo problemas para vender a sua casa, pode ser hora de chamar um profissional.

A importância da localização na valorização de imóveis!!!

A localização é um dos pontos mais importantes na hora de escolher um imóvel, especialmente se o comprador tiver interesse em passá-lo para frente no futuro.

  1. O primeiro ponto que você deve considerar na hora de comprar um imóvel é verificar se sua localização é de fácil acesso e se fica próximo de vias de acesso, comércios, comércio locais, escolas, rede de saúde dentre outros. Isto reduzirá o seu tempo com trajetos e desperdiço do seu tempo.
  1. Se a Infraestrutura da região do imóvel que você procura preenche todos requisitos para o conforto, tranquilidade e qualidade de vida que você e sua família busca, e também se o bairro está localizado em uma área segura.

 

Vias de acesso

Fique atento se o imóvel está próximo de vias de tráfego intenso ou de estabelecimentos como bares e boates, pois isso pode atrapalhar suas noites de descanso.

Resultado de imagem para vias publica

 

Tranquilidade

Apesar de ser bom morar perto de áreas comerciais, viver em um bairro mais tranquilo pode influenciar em seu bem-estar e na sua qualidade de vida.

Resultado de imagem para tranquilidade

Conforto

Viver em uma região tranquila de fácil acesso e excelente infraestrutura, oferecendo bem estar a sua famíia, com áreas de lazer para toda a família.

Resultado de imagem para conforto familia

 

Qualidade

Ter qualidade de vida pode ter significado diferentes para pessoas diferentes, mas o fato é que todos queremos ter um pouco mais dela no nosso dia-a-dia, então na hora de comprar um imóvel com espaço adequado para o tamanho da sua família e que possibilite receber amigos para confraternizar é muito importante. É o ambiente que mais passamos tempo e, assim, precisa proporcionar conforto e bem estar.

Resultado de imagem para tranquilidade familia

 

Crescimento

E por fim não se pode esquecer que a compra de um imóvel é um investimento. Correto?

Então, procure saber se a localização do imóvel apresenta possibilidade de crescimento do bairro impactam diretamente no valor dos imóveis da região. Quanto mais a localidade se desenvolve, mais pessoas desejam viver ali, resultando no aumento da procura por propriedades que ficam no bairro e, consequentemente, nos preços cobrados.

Resultado de imagem para crescimento

 

Após identificar os pontos essenciais que precisa para comprar um imóvel é hora de visitar o imóvel em mais de uma vez antes de fechar negócio, visite o imóvel e o bairro em mais de uma ocasião. Vá em dias da semana e em momentos distintos de dia e de noite.

 

 

 

 

 

Conheça os procedimentos para financiamento bancário.

O financiamento imobiliário é uma linha de crédito de longo prazo oferecida por instituições financeiras, bancos públicos ou privados, destinadas a aquisição de imóveis (casa ou apartamento) novos ou usados, em construção ou um terreno, para fins habitacionais ou de comércio, para qualquer pessoa que seja maior de 18 anos, sem restrição ao crédito e com capacidade financeira de pagamento.

  1. Para comprar um imóvel financiado, você precisa seguir os seguintes requisitos abaixo:
  • Maioridade civil
  •  Ter meios de comprovar renda
  • – Não ter cadastro em órgãos de restrição ao crédito
  1. Documentos para o financiamento de imóvel
  • RG e CPF originais e cópia
  • Certidão de casamento ou união estável
  • Comprovante de endereço
  • Comprovante de renda: extrato bancário, imposto de renda, holorites, etc
  • Certidão conjunta negativa de débitos relativos a tributos Federais e à Dívida Ativa da União
  • Cópia do CTPS, extrato de cada conta do FGTS e autorização para movimentação de conta vinculada junto ao FGT, para quem financiar com os recursos do FGTS
  • Certidão negativa de propriedade sobre bens imóvel, exigido em financiamentos com o FGTS ou pela Minha Casa, Minha vida.
  1. TIPOS DE FINANCIAMENTO

Os financiamentos para compra de casa ou apartamento novo ou usado podem ser realizados com a utilização de recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) ou do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE). Há ainda a opção de financiamento direto com a construtora.

  1. FINANCIAMENTOS PELO FGTS.

Para o comprador

É preciso ter no mínimo três anos de trabalho sob o regime do FGTS, somando-se os períodos trabalhados, consecutivos ou não, na mesma ou em empresas diferentes.

  • Não possuir financiamento ativo no Sistema Financeiro de Habitação (SFH), em qualquer parte do País.
  • Não ser proprietário, possuidor, promitente comprador, usufrutuário ou cessionário de imóvel residencial urbano ou de parte residencial de imóvel misto, concluído ou em construção, localizado no município de sua atual residência, ou onde exerce a sua ocupação laboral principal, incluindo os municípios limítrofes e integrantes da mesma região metropolitana.

Para o imóvel

  • Valor da avaliação deve ser de até R$1.500.000,00 para todos os estados brasileiros.
  • Ser de propriedade do proponente o terreno objeto da construção do imóvel, no caso de construção sem aquisição de terreno.
  • Ser residencial urbano;
  • Destinar-se à moradia do titular.
  • Apresentar, na data de avaliação final, plenas condições de habitabilidade e ausência de vícios de construção.
  • Estar matriculado no RI competente e sem registro de gravame que resulte em impedimento à sua comercialização.
  • Não ter sido objeto de utilização do FGTS em aquisição anterior, há menos de 03 anos, contados a partir da data do efetivo registro na matrícula do imóvel, por exemplo, se imóvel adquirido foi registrado na matricula em 30.11.2009, somente poderá ocorrer nova utilização a partir de 01.12.2012.

Você não pode usar o FGTS para

  • móvel comercial;
  • Reformar ou aumentar seu imóvel;
  • Comprar terrenos sem construção ao mesmo tempo;
  • Comprar material de construção;
  • Imóveis residenciais para familiares, dependentes ou outras pessoas.
  1. FINANCIAMENTOS PELO SBPE.

Basicamente trata-se de um sistema que regulamenta e viabiliza a concessão de empréstimos imobiliários por parte das grandes instituições nacionais. Funciona assim: devido a uma resolução vigente no pais, cada instituição financeira pode comprometer apenas 65% do seu fundo para a concessão de financiamentos imobiliários.

A questão é que esse fundo utilizado é originado da quantia depositada pelos correntistas, na poupança. Ou seja, ao poupar você está aumentando o limite de financiamentos imobiliários que o seu banco pode conceder.

Como cada instituição financeira tem um fundo diferente, que é abastecido pelo valor depositado na poupança por seus próprios correntistas, a disponibilidade de recursos para o mercado imobiliário depende diretamente do hábito de poupar dar população brasileira. Mas, como você já deve saber, para conseguir uma linha de crédito imobiliário você precisa obedecer a alguns detalhes.

As linhas de crédito imobiliário permitem ao comprador financiar um imóvel em até 35 anos, podendo colocar:

  • até 80% do valor do imóvel para pagamentos a prazo desde que seja feita a opção por um empréstimo com taxas de juros pós-fixadas;
  • até 70%, se a opção escolhida tiver taxas de juros pré-fixadas.

Como funciona o SBPE

Financiamentos feitos através do SBPE também utilizam o Sistema de Amortização Constante – SAC, outro fator característico é que o valor de cada parcela não pode ultrapassar 30% da renda familiar, essa é uma medida de vida impedir o endividamento das famílias e consequentemente a inadimplência.

Dentre todas as instituições financeiras que compõe o Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo – SBPE – as principais integrantes são:

  • Caixa Econômica Federal;
  • Sociedade de Créditos Imobiliários;
  • Associação de Poupança e Empréstimos;
  • Bancos Múltiplos;
  • Entre Outros.

Vantagens do SBPE

O SBPE permite comprar imóveis novos e usados. O sistema ainda possibilita adquirir terrenos para construir residenciais e pontos comerciais. Por isso, muitos brasileiros optam por esse crédito.

A grande vantagem do SBPE é o longo prazo para pagamento. O empréstimo pode ser parcelado em até 35 anos. Assim, o comprador tem mais tranquilidade na hora de pagar, sem comprometer o orçamento doméstico. Já o máximo do imóvel a ser financiado depende da instituição credora.

Também é importante destacar que, mesmo pagando o financiamento imobiliário, o comprador pode morar no imóvel. A garantia desse tipo de crédito é a alienação fiduciária. Desse modo, o credor fica com a posse indireta do bem.

SFH e SFI

O SBPE possui duas linhas de financiamento. No SFH, os compradores só podem financiar se o imóvel custar até determinado valor. Nessa modalidade, os juros cobrados costumam ser mais baixos e estimulados pelo governo.

Por outro lado, o SFI é composto pelos imóveis que custam acima do SFH. Nesse caso, as instituições têm maior liberdade para determinarem as taxas e formas de negociação.

No entanto agora que você já sabe como funciona comprar um imóvel financiado compare as ofertas de tantas instituições quanto puder e caso necessite simule abaixo:

 

O mercado de imóveis de luxo vem se expandindo bastante no Brasil

O mercado imobiliário de luxo vem crescendo bastante no Brasil,  e sua procura não para e lembrando que esse tipo de propriedade tem um público razoavelmente limitado e que os valores de uma eventual transação não podem ser considerados baixos.

Pessoas que compram no mercado de imóveis de luxo estão dispostas a pagar mais, desde que recebam benefícios em troca. Aí entra a exclusividade.

Porque contratar um corretor Qualificado fará a diferença? Ninguém melhor que ele para usar estratégicas para anunciar seu imóvel para atrair clientes e fechar mais negócios. Para tanto, ele é capacitado para destaque os itens únicos do projeto, ainda que outros empreendimentos ofereçam benefícios similares.

Outra boa estratégia para o mercado de luxo é destacar o valor agregado que esses imóveis podem oferecer. As facilidades que essas propriedades proporcionam devem ser ressaltadas nas estratégias de merchandising. Um bom acabamento, por exemplo, é uma característica muito admirada por compradores de classe A uma vez que materiais de primeira linha são pouco frequentes em unidades com menos atributos. É bom enalteça também a existência de áreas de lazer, salas de ginástica, espaços gourmet e outros benefícios que o imóvel traz.

Características de imóveis de luxo:

– Localização

O primeiro diferencial de uma residência de alto padrão é a sua localização. Sendo assim, o endereço do imóvel precisa ser reconhecido como nobre. Geralmente, um lugar desse porte tem outros condomínios, casas ou prédios de luxo.

Outro fator que valoriza o metro quadrado de uma moradia é a proximidade com um bom centro comercial, parques com uma agradável área de lazer ou lugares turísticos. Além disso, o bairro precisa ter boa infraestrutura de transporte, saneamento básico e conservação de ruas e calçadas.

– Área de lazer

A área de lazer para os moradores é outro quesito que revela quando uma moradia é de alto padrão. No passado, as áreas de lazer contavam com piscinas aquecidas e campos para a prática de esportes. Porém, esse cenário mudou. Além das regalias já citadas, as áreas livres dos modernos imóveis de luxo têm:

  • Academia;
  • spa;
  • Cinema;
  • Espaço gourmet;
  • Locais para a prática de pilates;

Alguns condomínios de luxo foram além, suas áreas de lazer incluem uma marina onde os moradores podem estacionar as suas embarcações e contar com vários serviços de limpeza e manutenção.

Além de um supermercado, heliporto, bistrô e até um lugar para a prática de boliche, quadras esportivas,  entre outros.

– Tecnologia

No atual mundo digital, é impossível pensar em uma casa de luxo que não tenha vários recursos da tecnologia para facilitar a vida do seu morador. Um exemplo são os elevadores biométricos que permitem apenas o acesso de pessoas autorizadas nas unidades do condomínio.

Além disso, as moradias contam com:

  • Pisos aquecidos;
  • Iluminação solar;
  • Lareiras com acendimento automático;
  • Luzes reguladas de acordo com a iluminação do dia;
  • Sistema de aquecimento e refrigeração controlado por meio de um dispositivo eletrônico;
  • Persianas que abrem sozinhas;
  • Banheiras que se enchem com água na temperatura ideal.

– Arquitetura

Possuir um imóvel projetado por um renomado arquiteto é um privilégio dos compradores de uma moradia de alto padrão. Com a ajuda desses profissionais, o morador consegue colocar a sua identidade na residência.

Alguns donos desses imóveis que gostam de receber amigos e parentes conseguem criar um espaço gourmet muito aconchegante. Outros curtem assistir a um bom filme e idealizam um home theather com a ajuda desses especialistas.

Até mesmo o tipo de material que será usado na construção, na iluminação e na ventilação dos ambientes pode ser customizado por um arquiteto.

Mercado Imobiliário em 2019

O que esperar?

Trabalhando diretamente com imóveis, você já deve ter percebido algumas mudanças na economia. O movimento de melhora está fazendo surgir algumas tendências do mercado imobiliário para 2019.

É interessante que você esteja atento a todas essas novas oportunidades que estão surgindo para aproveitar esse momento de saída da crise e conseguir fazer bons negócios.

1. Facilidade De Crédito Para Financiamento

2. Ampliação Do Programa Minha Casa, Minha Vida

3. Queda Da Inflação

4. Aumento Da Confiança Do Consumidor

5. Utilização De Plataformas Digitais